fbpx

PELE DOS IDOSOS

A pele é um dos órgãos que mais sofrem alterações com o passar dos anos. O envelhecimento é um processo natural e intrínseco, que ocorre com o tempo, e no caso da pele, se traduz pela perda da hidratação, da espessura, da firmeza e da elasticidade. Por consequência, aumenta-se a fragilidade, tanto física quanto de defesa imunológica. A pele dos idosos apresenta uma menor atividade das glândulas produtoras de sebo e de suor, além de perda dos fatores naturais de hidratação, por isso é uma pele mais ressecada. Além disso, a menor atividade de células produtoras de colágeno e elastina e a degradação intensa dessas fibras, deixam a pele mais fina, mais vulnerável às agressões externas, mais flácida e com os sinais clínicos do envelhecimento evidentes: marcas de expressão, rugas e sulcos. Medidas simples como o uso de protetor solar, limpeza e hidratação diários, além de um acompanhamento dermatológico anual, podem garantir uma pele mais saudável e mais bonita.



LEIA
OUTROS
ARTIGOS

LETÍCIA SPILLER

Inspiração do dia: envelhecer como a linda Leticia Spiller | Oficial! Claro que apesar da genética favorecedora, ter uma (...)

LEIA MAIS
>

PROTETOR SOLAR EM DIAS NUBLADOS: PRECISA?

O fim de semana chegou e com ele a possibilidade de pegar um solzinho (respeitando as regrinhas de horário e (...)

LEIA MAIS
>